Existem 1 bilhão de pessoas com deficiência no mundo, o equivalente a 15% da população global. Cerca de 80% delas estão em idade de trabalho. No Brasil, de acordo com o IBGE (2015), 6,2% da população tem algum tipo de deficiência.

“As pessoas com deficiência constituem a maior minoria do mundo”, disse o diretor-geral da Organização Internacional do Trabalho (OIT), Guy Ryder, no Dia Internacional das Pessoas com Deficiência, lembrado em 3 de dezembro. “No entanto, os direitos ao trabalho decente e a empregos produtivos são frequentemente negados a essas pessoas”, destacou ele.

“O Futuro que Queremos: trabalho decente e inclusão de pessoas com deficiência” é uma série documental produzida para a Internet com oito episódios que mostram boas práticas de inclusão de pessoas com deficiências diversas no mundo do trabalho, em diferentes contextos no Brasil.

Cada episódio mostra personagens que apresentam sua rotina de trabalho ou estudo para indicar que a inclusão é possível em qualquer situação e que as limitações estão na sociedade, e não nas pessoas.

O lançamento da série acontecerá na quarta-feira (14), às 9h30, na sede do Ministério Público do Trabalho (MPT-SP) de São Paulo. O diretor da OIT no Brasil, Peter Poschen, o procurador-chefe do MPT em São Paulo, Erich Vinicius Schramm, e o procurador-geral do Trabalho, Ronaldo Fleury, estarão presentes na abertura do evento.

Todos os episódios da série serão exibidos para os participantes e, em seguida, haverá um debate sobre boas práticas de inclusão de pessoas com deficiência no mundo do trabalho, com representantes de diversos setores.

Cada episódio da série tem cerca de quatro minutos de duração e possui recursos de acessibilidade, como intérprete de Libras, legendas e audiodescrição. A série é fruto de uma parceria entre OIT e MPT.