UGT consolida sua participação na décima edição da feira tecnológica Campus Party com premiação e menção honrosa do PNUD (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento).

Encerrada no domingo último, dia 5, a Campus Party reuniu no Palácio das Convenções do Anhembi, em São Paulo, jovens de todo o país para demonstrações de novas tecnologias, competições, palestras sobre design, empreendedorismo, mídia social e outros. Através da Agenda 2030, a UGT em conjunto com o Sindicato dos Comerciários de São Paulo e o Movimento Estadual dos ODS “Nós Podemos”, participou do The Big Hackathon, uma maratona para o desenvolvimento de novas tecnologias.

Um dos projetos contemplados com o troféu de menção honrosa, o “Teto de Verde”, contou com a participação do Secretário nacional da Juventude da UGT, Gustavo Pádua e com o auxílio de tutores da UGT, como a sindicalista Cris Palmieri, do comitê de sustentabilidade. O projeto consiste na implantação de hortas orgânicas em telhados com a utilização de um sistema de irrigação automatizado e um aplicativo de monitoramento e gerenciamento da horta.  A cadeia de produção inclui agricultura familiar através da compra de matéria orgânica e cooperativas de reciclagem, que fornecem o material para a estrutura. Além disso, toda a manutenção das hortas é feita por mulheres em situação de vulnerabilidade.

Segundo Pádua, a premiação se deu em virtude do projeto tratar dos ODS de forma transversal. Para Palmieri “auxiliar esses jovens no aprimoramento dos seus sonhos é algo fantástico. Esse é o mundo que queremos e esse é o caminho que devemos trilhar”.

Fonte: UGT