A China abriu seu mercado para os produtos lácteos brasileiros. Ao todo, 24 estabelecimentos nacionais têm, agora, autorização para exportar os alimentos para o país asiático, segundo informação divulgada nesta terça-feira, 23.

Entre os produtos envolvidos estão os não fluidos, como leite em pó, queijos e leite condensado. A expectativa do setor é exportar 4,5 milhões de dólares em queijos ( 16,9 milhões de reais), segundo Associação Brasileira de Laticínios. Em 2018, os chineses importaram 108 mil toneladas do produto, que tem crescido a uma taxa média anual de 13% nos últimos cinco anos no país. Já o Brasil aumentou suas exportações de queijos em 65,2% nos últimos três anos.

Leia a notícia completa

fonte: msn.com